Ainda penso em você!

Era manhã de uma atípica segunda-feira curitibana. O sol estava lindo lá fora. Meu celular tocara pela primeira vez. Optei pelos 5 min de soneca. O sono ainda dominava meu corpo. Me pus a dormir novamente. Minha mente já estava acordada, mais meus olhos… Ah esses ainda estavam ali, fechadinhos. Meu celular tocara, pela segunda vez, eram 7h50 da manhã. (Saco!) Não pude permanecer em estado “vegetativo”. Passara da hora de levantar. Meu corpo continuava cansado, e sem habilidade para os primeiros passos matinais.

Me pus de pé. Busquei forças, nas gotículas de alma, que ainda me restavam. Preparei aquilo que chamo, de café da manhã. E na janela, com vista para os condomínios, me alimentei. Meus olhos ainda inchados viajaram no horizonte da paisagem, que ali estava.

Olhei no relógio – MEU DEUS!  – perdi minutos preciosos pensando na vida. Corri para o banheiro, com todo o cuidado para não acordar ninguém. Joguei-me nas águas quentes, desse chuveiro maravilhoso, que é o meu. E não sei por que, pensei em você. Sim, pensei em todos os momentos, que já pudemos passar, em águas correntes, como essa.

Pensei, nas infinitas vezes, que você com todo cuidado, ensaboava meu corpo. Nas vezes em que você, fazia aquela brincadeira idiota do shampoo no cabelo, lembra? Pensei também, em todas as vezes que namoramos, com todo o cuidado, para que seus pais não nos ouvissem, e claro que também pensei, em todas as outras, que fomos tomados pela loucura da paixão, sem pensar nas consequências, barulhos e arranhões que aquela farra, nos traria.

Em segundos, viajei no tempo, no nosso tempo. Voltei para o quarto e encontrei ali alguém que não era você. Ah! Como eu queria que fosse. Ainda pensando em ti, busquei organizar tudo o que precisava. Me arrumei numa lentidão, que jamais pensei que terminaria. Me sentei á cama…E novamente me veio você. Do meu devaneio, fui acordada com um beijo, um cheiro e um bom dia. Foi bom. Mas não era você! Lembrei, mas me contive e disfarcei.

Fui para o trabalho, numa vaga vontade de alcançar qualquer objetivo. Perdida em pensamentos, tenho outra decepção, fui suspensa (CULPA SUA!). Faltei ao trabalho dias atrás (Por quê? Porque eu não estava afim, de olhar para a cara das pessoas, ta bom assim? E é tudo, culpa sua. Pois cadê você pra me incentivar a trabalhar? Cadê você pra me colocar pra cima, quando eu fraquejar? Cadê você, quando nada mais me interessar? CADÊ VOCÊ, hein?)

Não quis chorar, nem pensei em brigar. Peguei minhas coisas e voltei pra casa. Segundos depois, até achei boa essa coisa de ser suspensa, preciso estudar, e colocar algumas matérias em dia. MAS QUEM DISSE QUE EU CONSEGUI? A única coisa, que eu gravei nessa “tarde de estudos”, foi seu nome. Apenas ele! E o que eu fiz? Fui te procurar, claro – Com a playlist dos rap’s que você mais gostava – Li e reli a primeira carta que você me mandou (É, ando com ela, quase que colada em mim).

Não contente fui vasculhar suas fotos no Facebook, e lá estava você e todos os seus convidados, festejando sua ida para um novo destino e o tal noivado, que até ontem em nossa ultima ligação, era nada pra você (senti ciúmes, e ódio, obvio!). Olhando as fotos, senti as dores de uma nova despedia. Viajei no filme da nossa pequena história. Lembrei o quanto foi bom, nosso um ano e meio juntos, mas também do quanto sofri depois que terminamos. E como diz o ditado: Quem procura, acha. E eu achei. Achei mais um motivo para ficar aqui agora, hora olhando para o nada, hora olhando sua carta recheada de sentimentos… Hora enxugando as lágrimas, que ainda insistem em cair por você!

Beijo, ataldapretynha!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s